Apple não ajudará mulher que teve o rosto queimado por explosão de fones Beats

Em março deste ano, uma mulher sofreu queimaduras no rosto quando os fones de ouvidos da marca Beats que ela estava usando pegaram fogo durante um voo, enquanto ela dormia. A Beats foi comprada pela Apple em 2014, e a empresa da maçã disse que não compensará a moça porque a explosão dos fones não foi culpa sua.

"Nossa investigação indicou que o problema foi causado por pilhas de terceiros", afirmou a empresa em declaração obtida pela Australian Associated Press (AAS). O fone que a moça usava no voo entre Melbourne, na Austrália, e Pequim, na China, usava pilhas AAA para funcionar.

Naturalmente, ela não ficou feliz com a informação. "Os fones não funcionam sem as pilhas, mas em nenhum lugar deles - ou da sua embalagem - está especificado quais marcas de pilha devem ser usadas", comentou ela à AAS.

A Apple ainda não respondeu a solicitações de comentários da AAS nem do The Verge sobre o caso. O The Verge, no entanto, ressalta que nenhum dos fones produzidos pela Beats atualmente funciona com pilhas AAA. Por isso, se os fones forem de fato da Beats, devem ser modelos mais antigos. De fato, a vítima disse ter comprado o produto em 2014.

 





RECOMENDADO PARA VOCÊ